Aos 42 anos e depois de terminar a sua carreira no Internacional, o ex-guardião da Seleção Brasileira, prepara-se para enfrentar um novo futuro ligado ao futebol

O percurso como jogador no Internacional chegou ao fim, mas agora, Dida, fará uma observação de 50 horas no clube para obter a licença de treinador de futebol, cedida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

saldos-billboard

Desde ontem que Dida acompanha de perto os treinos do Internacional junto do treinador principal Argel Fucks (antigo jogador do SL Benfica).

O centro-campista Alex afirmou que a continuidade da presença de Dida nos treinos é rica para o clube. “Eu acho muito bom e muito rico para o futebol, um ser humano simples, profissional hipervitorioso, que traz muita coisa boa para o Inter. Até brinquei que, se fosse o Inter, segurava-o para preparar para o futuro, junto com o André (Döring). Tomara que permaneça. Só traz coisas boas e positivas”, disse o número 12 do colorado.

No seu percurso como jogador, Dida, conta com uma longa passagem pela Europa onde representou o AC Milan e conquistou 2 Ligas dos Campeões, 2 Supertaças Europeias e 2 Campeonatos do Mundo de Clubes. Tem também no seu palmarés 1 Campeonato do Mundo pelo Brasil e 1 Copa Libertadores.

Facebook Comments