O dia 14 de Abril de 1900 ficou para sempre marcado na história do futebol mundial. Nesse dia, jogava-se uma jornada do Campeonato Inglês e a equipa do Sunderland Association Football Club recebia no seu estádio, Roker Park, o Manchester City.

O resultado e o jogo em si não foram certamente os motivos para esse dia entrar na história do futebol… O Sunderland bateu o Manchester City por 3-1! Contudo, seria o golo de honra da equipa visitante a fazer com que fosse escrita mais uma página a história da modalidade.

Numa jogada de ataque perdida do Sunderland, o guarda-redes do Manchester City, Charlie Williams, recuperou a bola e pontapeou-a com força para o meio campo ofensivo da sua equipa… Com tal potência aliada a uma fantástica precisão, a bola acabou por entrar na baliza do adversário e a partir daí, Charlie Williams, começou a ser chamado pelo primeiro “guardião atilheiro”, acabando por entrar para história do futebol.

Muitos outros já conseguiram tal feito, mas Charlie Williams levou consigo o mais valioso de todos! A história ninguém pode apagar…

Quem foi Charlie Williams?

Nome completo: Charles Albert Williams
Apelido: Charlie Willians
Nasceu: 19 de Novembro de 1873
Morreu: 1952 (78-79 anos)

– Começou sua carreira no Arsenal com apenas 18 anos.
– Entrou para a história do Manchester City por fazer parte do primeiro título do clube:  A segunda divisão inglesa em 1899.
– Williams nunca foi convocado para a seleção inglesa.
– Retirou-se dos relvados em 1908. No mesmo ano, aceitou o convite para dirigir a seleção dinamarquesa.
– Charlie Williams foi contratado pelo Fluminense em 1911 para ser o treinador do clube.

Facebook Comments