É cada vez mais raro um jogador profissional de futebol, que tenha passado por bons clubes, com boas exibições, decidir terminar a carreira no seu país natal.

Estamos a falar de Andreas Isaksson, guarda-redes sueco de 34 anos, que deixou os turcos do Kasimpasa para rumar ao Djugarden, que ocupa o 13º lugar do campeonato principal da Suécia.

Formado pelo Trelleborg e pela Juventus, chegou a sénior no clube italiano mas nunca foi aposta na equipa principal. Em 2001 saiu da Juventus e um clube recebeu-o de braços abertos. Qual clube? O Djugarden. Isaksson esteve quatro épocas no emblema sueco, sendo campeão por duas vezes e ganho a Taça da Suécia por uma ocasião. Após quatro épocas transferiu-se para o Rennes, de onde saiu, duas temporadas depois para o Manchester City. Passou ainda pelo PSV e, por último, o Kasimpasa.

O guardião chega a um clube que bem conhece para ajudar o clube a manter-se no campeonato principal da Suécia, visto que o emblema histórico ocupa a décima terceira posição, num campeonato com 16 equipas. Esperemos que esta história tenha um final feliz.

Facebook Comments