Cada vez mais o guarda-redes se assume como um jogador completo, talvez o mais completo dentro de uma equipa. Essa complexidade deve-se ao facto de ser exigido ao guarda-redes um leque de atributos em diferentes ações do jogo.

Assim, é natural que o guarda-redes deva apresentar bom desempenho a nível técnico, tático, físico e psicológico. Visto que todos esses níveis apresentam uma importância elevadíssima na posição de guarda-redes, o aspeto físico não pode ser esquecido!

Aliando as cargas de treino em campo com as cargas de treino em ginásio, o atleta vai com certeza melhorar o seu desempenho em jogo. Para que tal aconteça, é importante que seja realizado um trabalho de força reativa-explosiva em ginásio (caracterizado pela utilização de cargas mais baixas mas com uma velocidade de execução máxima), combinado com um trabalho de hipertrofia nos casos em que seja notória a necessidade de ganho de massa muscular.

É importante que o trabalho em ginásio seja inteiramente acompanhado por um preparador físico ou por um instrutor de cárdio-musculação, visto que as necessidades do guarda-redes, tal como a posição que ocupa em campo, são específicas.

Com um trabalho de ginásio bem realizado, o guardião vai melhorar diversas capacidades físicas essenciais para o seu bom rendimento, tais como a velocidade de reação, impulsão, equilíbrio, força dos membros superiores e capacidade de explosão, ao mesmo tempo que reforça os seus músculos e articulações prevenindo lesões.

MUITA VONTADE DE FICAR GRANDE E FORTE… E NINGUÉM TE PÁRA!!