Em entrevista ao jornal conceituado “A Marca”, em Espanha, aproveitaram o duelo amigável desta semana entre a Itália e Espanha para fazer uma reportagem diferente.

Muitos, principalmente os apaixonados pela baliza, olham para este duelo e pensam logo em Buffon e Casillas. E como tal, falaram com dois jogadores que partilharam balneário e campo com ambos para saber as suas opiniões. Eles foram Morata e Llorente.

Passando a citar O Jogo:

“Destaco ambos acima de tudo como pessoas, verdadeiros craques. Ajudaram-me bastante. De Casillas lembro-me dos seus reflexos e de Buffon do seu um contra um. São duas lendas do futebol mundial”, afirmou Morata, companheiro do italiano na Juventus e do espanhol na seleção, tendo igualmente privado com Casillas no Real Madrid.

Fernando Llorente, agora no Sevilha, também jogou com Buffon no clube de Turim e com Casillas venceu um Europeu e um Mundial. “Se falamos dos melhores guarda-redes do mundo pensas neles. Tive a sorte a duplicar de partilhar o balneário com eles. São campeões do mundo com um trajeto impressionante e surpreendem pela lucidez. Buffon tem uma capacidade de trabalho infinita, é humilde e grande companheiro, tal como Casillas”, considerou.

“Entre as minhas melhores recordações está o Mundial da África do Sul, as defesas de Casillas e o abraço que demos na sua área ao terminar a final. Chorava como um menino. São dois amigos. Conhece-los, mas quando os defrontas sabes que são os melhores. Marcar-lhes tem um mérito a dobrar”, disse ainda Llorente.