A Liga dos Campeões tem estado ao rubro e os guarda-redes não fogem à regra!

Na semana passada, durante a primeira mão das meias-finas, apenas foi possível celebrar um golo… O de Saul Niguez do Atlético de Madrid, que num momento de grande inspiração bateu o alemão Manuel Neuer.

E o insucesso dos avançados muito se deve à grande qualidade apresentada pelos guarda-redes. Keylor Navas, Manuel Neuer, Joe Hart e Jan Oblak, são os nomes nas balizas desta eliminatória da Champions.

Nos jogos da primeira mão, Hart e Oblak mostraram-se como autênticas muralhas e ajudaram a sua equipa a partir para os jogos da segunda mão sem qualquer golo sofrido.

Contudo, os números e as estatísticas concluem que é o jovem esloveno que vai ganhando maior destaque na competição. É certo que o sucesso de Oblak não se deve apenas à sua qualidade mas também ao excelente trabalho que Diego Simeone tem vindo a desenvolver em Madrid. O treinador argentino participou em 257 jogos desde que chegou à capital espanhola e viu a sua baliza a zeros em 136 ocasiões.

Jan Oblak parece ter capacidade de atrair recordes e os seus números vão ganhando cada vez mais notoriedade.

oblak numbers

oblak numbers2

A sua inteligência, capacidade de entender o jogo e os seus momentos e forma como lida com a grande pressão existente nestes jogos tem impressionado tudo e todos, dada a sua tenra idade e pouca experiência em competições internacionais.

Depois, a já conhecida facilidade entre os postes do jovem de 23 anos aliada às suas capacidades psicológicas, tem feito dele uma das mais valias da equipa do Atlético de Madrid.

Grandes jogos chamam por grandes jogadores e Oblak já mostrou que serve na perfeição para essas situações.

O Atlético de Madrid está perto de chegar a mais uma final da Liga dos Campeões. “Só” precisa de não sofrer golos frente ao poderio ofensivo do Bayern Munique!

Não parece um desafio complicado para Oblak…

Fonte: Goal.com