O guardião internacional italiano, Salvatore Sirigu, foi perdendo o lugar no PSG gradualmente desde a última temporada para Trapp. Com poucos minutos nas pernas e com a chegada em definitivo de Areola ao clube francês, o guardião italiano necessitava de novo destino para voltar a jogar.

O Sevilha procurava um guarda-redes após a saída de Beto e encontrou em Sirigu a solução possível para fazer concorrência a Sergio Rico. Chega a título de empréstimo sem opção de compra por uma temporada.

De salientar que apesar de ter perdido o lugar no PSG, continua a ser o número 2 da seleção italiana apenas atrás de Buffon.