Alireza SAMIMI foi o homem que desesperou milhões de brasileiros que assistiam ao Irão-Brasil no Mundial de Futsal.

O que se esperava que fosse uma partida calma para o Brasil, a chegar facilmente à vitória, tornou-se rapidamente num pesadelo. A poucos minutos do final estiveram a vencer por 3-1 mas o Irão rapidamente empatou e levou o jogo a prolongamento e penaltis… onde derrotaram mesmo a potência brasileira.

E para tal contaram com um guardião iraniano altamente inspirado e que ajudou a bater os companheiros de Falcão naquela que foi a sua despedida da seleção brasileira. Aos 29 anos de idade, Samimi defendeu 20 remates em toda a partida e tornou-se num dos heróis nacionais!

Ao longo das redes sociais surgiram reacções como “Samimi tá louco, ele é bom demais!” e outras expressões em tom de elogio para o guardião iraniano.

Uma exibição que não irá certamente esquecer e agora o Irão sonha em chegar o mais longe possível. E o próximo adversário é o Paraguai!