Depois da grave lesão de Gottardi, no jogo desta semana contra o Braga para a Taça da Liga (ver aqui), foi o defesa Maurício que assumiu a baliza, tendo mesmo sofrido o golo solitário da partida (ver aqui)

Após o jogo, o guardião improvisado confessou ao jornal A Bola que só queria ver a bola longe da sua baliza e que ser guarda-redes não era tão simples como alguns pintavam. Aliás, disse mesmo que após esta experiência… nunca mais vai criticar quem defende as balizas, tal a complexidade da posição.

Na edição em papel podem ver mais pormenores da entrevista, em que está aqui em foto (de Tiago Castro):